Make your own free website on Tripod.com

Minerais


Os sais entram na constituição da matéria viva, e em alguns tecidos em apreciável quantidade. Sua necessidade se faz sentir especialmente no período de crescimento do indivíduo, mas o adulto também precisa de substâncias minerais, pois, como elimina diariamente cerca de 25 g, necessita refazer essa perda constante.
No corpo humano h cerca de 4% de minerais, a maior proporção dos quais ‚ ocupada pelo cálcio (1,5%) e pelo fósforo (1%), cabendo o restante (1,5%) aos outros sais (sódio, potássio, cloro, magnésio, ferro, iodo, bromo, enxofre e traços de cobre, zinco, alumínio, silício, flúor).
Os sais desempenham um papel plástico, pois fazem parte da constituição íntima dos tecidos, e cumprem v rios outros papéis importantes. "Estabelecem o equilíbrio físicoquímico, estimulam órgãos, contribuem para as funções glandulares, regulam o ritmo cardíaco, a respiração, a digestão, etc." Sua carência, observada em pessoas sujeitas a um regime dietético deficiente nessas substâncias, acarreta s‚rios transtornos para a saúde.
Fósforo -- Em combinação com o cálcio o fósforo concorre para a formação dos o5sos e dos dentes, intervém no mecanismo regulador do equilíbrio Ácido-básico do organismo, e, combinado com o cálcio, influi sobre a reprodução e a lactação. As necessidades de fósforo são orçadas em 0,88 g para o adulto, mas como ‚ prudente tomar mais 50% como margem de segurança, preconiza-se a dose de 1,32 g por dia, ou seja, 0,02 g por quilo de peso da pessoa.
Cálcio -- O cálcio ‚ um dos elementos essenciais dos tecidos animais e vegetais. Ossos, dentes, conchas são formados, em grande parte, de fosfatos de cálcio. A principal função desse mineral , como a do fósforo, construir ossos e dentes. Outras finalidades: ele intervém na coagulação sangüínea, concorre para a formação do cimento intercelular, atua para aumentar o consumo de oxigênio dos tecidos, auxilia nos músculos a fase de recuperação, retardando a fadiga, influi na ação do labfermento, coordena a ação do sódio e do potássio na contração cardíaca, contribui para manter o equilíbrio do ferro no organismo, etc.
A quantidade de cálcio necessária ao adulto e de 0,45 a 0,55 g por dia, mas ‚ prudente, como medida de segurança, admitir mais 50%, aumentando para 0,70 ou 0,80 g a quota, ou seja, 0,01 g por quilo de peso da pessoa.